Iniciativa da indústria 4.0

Uma ideia, uma iniciativa e muita vontade de fazer a diferença no cenário de transformação digital da indústria

*Por Vera Natale, editora revista O Mundo da Usinagem | Foto: iStockphoto

 

A transformação digital e seus efeitos na indústria vem sendo amplamente discutidos e difundidos há algum tempo e no mundo todo. Não faltam fóruns, eventos, workshops, webinários e reuniões. Em meio  ao tsunami de informações e iniciativas diversas relacionadas ao tema, o jovem Cleiton Leite, preparador de máquinas da empresa Lorenzetti há onze anos e voluntário do I.A.R (Instituto Avançado de Robótica) para projetos especiais, não se intimidou – tirou do papel o sonho de fazer a diferença, com uma iniciativa aparentemente simples, mas com um propósito claro e que tem surtido resultados positivos.

Cleiton Leite

Cleiton Leite
Foto: Acervo pessoal

No final de dezembro de 2017, ao assistir um programa do canal de televisão sobre o futuro da indústria, Cleiton teve a ideia de criar um grupo, sem patrocínio, para discutir, tanto quanto possível em encontros presenciais, sobre a quarta revolução industrial, e sempre com foco nas práticas que já vem sendo adotadas e realizadas em nosso País. “Do surgimento da ideia até a criação, o meu sonho era sair do virtual e ter algo físico, um contato pessoal, convidando os importantes profissionais e especialistas do Brasil, para participar”.

Além dos encontros presenciais que ocorrem normalmente aos sábados, e que podem até parecer um paradoxo nessa era ultra conectada e virtual, Cleiton lança mão de recursos como as redes sociais para manter acesos o interesse dos participantes e a comunicação com o grupo que modera, fomentando discussões, praticamente todos os dias. São compartilhadas várias situações reais, eventos, novas tecnologias, aprendizados e, talvez o principal asset, o conhecimento tácito dos membros, aquele que não está nos livros, nos e-books, palestras e manuais, mas que é próprio da experiência de cada um. Assim, o conhecimento de vários profissionais de diversos setores da indústria da manufatura, como metalúrgica, de equipamentos e máquinas, tecnologia de automação, robótica, além de representantes de entidades de classe como Abimaq, ABDI e Firjan e de ensino como SENAI, vai sendo difundido e a colaboração, um pilar importantíssimo da Era 4.0, vai acontecendo naturalmente. “O conhecimento dos profissionais é que é a verdadeira revolução dentro das indústrias. O profissional precisa estar perto das tecnologias para poder inovar” ressalta.

Rogério Vitalli

Rogério Vitalli, fundador do I.A.R. (Instituto Avançado de Robótica®) | Foto: Divulgação

Nesse ano, o último encontro presencial do grupo aconteceu na sede do I.A.R em São Bernardo do Campo, que apoiou a iniciativa desde o início. Mauro Contesini, desenvolvedor de novos negócios da empresa Pilz, fornecedora de tecnologia de automação, ministrou palestra sobre a importância da segurança no chão de fábrica especialmente quando há robôs envolvidos. Para o fundador e diretor do I.A.R., Rogério Vitalli, também presente no evento, ainda há muitas dúvidas sobre a segurança de fábricas robotizadas, mas também espaço para normatizar essa questão. “O evento foi muito interessante porque conseguimos discutir a questão da segurança em fábricas com robôs e outros elementos de controle em nível bem avançado. Tal profundidade, envolvimento e preocupação dos membros do grupo nos fazem pensar sobre a necessidade da criação de uma norma reguladora específica para robótica que o Brasil ainda não possui”.

Durante o encontro, o I.A.R que já formou mais de 200 alunos entre eles Cleiton Leite Souza, também anunciou que pretendem adquirir mais um robô da Yaskawa/Motoman ao seu portfólio, o que marca o início de mais uma sólida parceria na empreitada de formar robotistas – a nova profissão da indústria avançada – por meio de projeto pedagógico exclusivo, patenteado pelo INPI e com atribuição no CREA-SP.

O saldo não poderia ser mais positivo. O que era sonho virou realidade. Cleiton comenta satisfeito que “ter organizado mais esse encontro foi algo incrível. Ver o interesse das pessoas em participar, e conhecer novas tecnologias para garantir o bem-estar e proteger as pessoas dentro das suas empresas, ou poder levar toda informação adquirida para os envolvidos, é a certeza absoluta de que estamos fazendo a diferença e contribuindo para a conscientização dos profissionais da indústria”.

Todos querem e de fato precisam entender, conhecer e se posicionar com relação à essa indiscutível temática da digitalização que abarca não apenas novidades tecnológicas digitais, mas sobretudo novos modelos de negócio, enfim um novo mindset. Para Cleiton “a principal diferenciação desse grupo são os membros que trazem vontade de ser útil e contribuir com o desenvolvimento do País.” Para 2019, tem planos de fazer mais encontros técnicos para atuar mais efetivamente no desenvolvimento dos profissionais, estruturação do grupo para escalar novas oportunidades e um congresso anual.

Podemos ir um pouquinho mais além e dizer que empreender qualquer iniciativa com propósito claro é o que faz a diferença. A paixão pelo que se faz também.

 

 

Compartilhe

21 Comentários

    • Cleiton Leite Souza disse:

      Muito obrigado André Santos bezerra.

      • Noé Gravina disse:

        Parabéns galera da Lorenzetti Metais Ipiranga. Cleiton Leite pela iniciativa de criar o grupo sobre a 4a Revolução industrial, e Alex Santos pelo comentário.

  1. Flávio de Cruz disse:

    Excelente iniciativa Cleiton. Esse grgrpos de discussão são muito produtivos. Eu gostaria de pode participar, como eu faço?

  2. Flávio de Cruz disse:

    Excelente iniciativa Cleiton. Esses grupos de discussão são muito produtivos. Eu gostaria de pode participar, como eu faço? Parabéns!!

  3. Romildo F. Viana disse:

    O Brasil precisa, de iniciativas como essa, porém precisa muito mais de incentivos a nível educacional, profissional e científico.

  4. Anderson Abrão Masculino de Siqueira disse:

    Concordo, precisamos avançar, capacitar nossos profissionais, tenho observado cursos muito teoricos pouco praricos. Iniciativas assim que devem ser fermentadas mais e mais. Um evoluçao que iniciou a pouco mais de 4 anos, difundiu-se rapidamente devido ao avanço das comunicações, ja estamos falando em outra revolução a SOCIEDADE 5.0, temos que correr ainda mais. Como está a manutençao, quanto a manutençao está na Industria 4.0?

  5. Henrique disse:

    Parabéns Cleiton pela iniciativa! É muito boa para profissionais da área de automação. Grande trabalho.

  6. Henrique disse:

    Parabéns Cleiton pela iniciativa! É muito boa para profissionais da área de automação. Grande trabalho!

  7. welton souza disse:

    Através dessa ótima iniciativa os profissionais vão contribuindo com o desenvolvimento do Brasil. Sucesso.

  8. ana rocha disse:

    Parabéns Cleiton!
    Precisamos de iniciativas como essas que visam melhorar a qualidade profissional.

  9. Diego Gandra disse:

    Excelente iniciativa. É de profissionais desse calibre que a indústria carece. Todo conhecimento deve ser compartilhado. Meus parabéns jovem!

  10. Gilberto de Oliveira disse:

    Parabéns pela iniciativa Cleiton. É muito agregável essa troca de informação e idéias.

  11. Alex dos santos disse:

    Cleiton meus parabéns a sua iniciativa e sua humildade estar transformando as indústrias brasileiras a se adequar ao novo mundo lunático que não parar de inovar as tecnologias indrustriais que Deus ilumine cada vez mais suas idéias que ela leve esse país rico de mentes brilhante ao topo vamos cleiton rumo ao 7.0

  12. JOELY CRENDEDIO DE PINHO disse:

    Parabéns Cleiton. O país precisa de iniciativas como a sua.

  13. Hebert Alessandro Ferreira disse:

    Parabéns pela iniciativa Cleiton , precisamos de mais pessoas com conhecimento profissional que queira participar do grupo , assim podendo trocar experiências e tirar dúvidas para um futuro mais unificado .
    Você deu um grande passo para as indústrias Brasileiras .

  14. Kleber Jose Modesto disse:

    Parabéns Cleiton pela iniciativa!!
    Um profissional dedicado e capacitado no que faz….muito sucesso sempre!!

  15. Precisamos de atitudes e ação, assim como o Cleiton fez e ainda faz no grupo criado. Parabéns pelo feito, e sucesso a ele e todos que partirem para a AÇÃO.

  16. Quero parabenizar um amigo e um grande profissional que é o Cleiton leite por essa iniciativa e em acreditar que o Brasil está crescendo cada vez mais em busca da Indústria 4.0 ,è bom saber que o Brasil tem pessoas buscando todo o conhecimento a respeito da mesma e que são gabaritados para ajudar e apoiar empresários, fabricas e colaboradores a serem produtivos .
    Parabéns a todos também que todos formam esse time.

    • Davi Nogueira disse:

      Parabéns Cleiton!
      Participo diariamente das suas atividades profissionais. Agradeço pelo trabalho que você tem desenvolvido e nos auxiliado. Nas informações trocadas a cada passagem de turno e auxiliando na formação dos nossos colaboradores.
      Um muito obrigado “Especial”.

  17. André Rodrigues disse:

    Parabéns Cleiton, conheço você a pouco tempo mas já foi o suficiente para observar o grande potencial que você possui. Na verdade esse potencial já é uma realidade tendo em vista o seu recente projeto na empresa, que Deus te abençoe te dê sabedoria para colocar em prática outras tantas realizações.
    Abraço.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário